Esgoto

Home SaneamentoPrincipais estatísticasNo Brasil

Coleta

  • 54,1% dos brasileiros têm acesso à coleta de esgoto¹;

  • Quase 100 Milhões de brasileiros não têm acesso a este serviço¹;

  • Cerca de 13 milhões de crianças e adolescentes não têm acesso ao saneamento básico²;

  • 3,1% das crianças e dos adolescentes não têm sanitário em casa2;

  • 35 municípios nas 100 maiores cidades do país têm menos de 60% da população com coleta de esgoto3. 

  • No Brasil, a proporção de municípios com serviço de esgotamento sanitário passou de 47,3%, em 1989, para 60,3%, em 20174.

  • Em apenas 6 das 27 Unidades da Federação, a proporção de residenciais com esgotamento sanitário foi maior que 50% em 2017. São elas: São Paulo, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná, Espírito Santo e Goiás4.

Dados por região

  • No Norte, 12,3% da população têm acesso aos esgotos¹;

  • 28,5% dos nordestinos têm atendimento de esgotos¹;

  • 79,21% dos moradores região Sudeste têm o esgoto coletado¹;

  • A parcela da população com coleta de esgoto na região Sul é de 46,3%¹;

  • Centro Oeste atende 57,7% da população com coleta de esgoto¹. 

Tratamento

  • 49,1% dos esgotos do país são tratados¹.

  • Somente 23 municípios nas 100 maiores cidades do país tratam mais de 80% dos esgotos³.

  • Em 2017 o país lançou aproximadamente 5.622 piscinas olímpicas de esgoto não tratado na natureza³.

Dados por região

  • O tratamento de esgoto é de 22% na região Norte¹.
  • O Nordeste trata 33,7% dos esgotos¹.

  • O esgoto tratado no Sudeste é de 55,5%¹.

  • O Sul trata 47% dos esgotos¹.

  • O índice de tratamento de esgoto é de 56,8% no Centro Oeste¹. 

Fonte 1: Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento – SNIS 2019
Fonte 2: Pobreza na Infância 2018 – UNICEF
Fonte 3: Ranking do Saneamento 2021 – Instituto Trata Brasil
Fonte4: Pesquisa Nacional de Saneamento Básico 2017 - IBGE

 

NEWSLETTER

CONTATO

(11) 3021-3143