Para onde vai toda a água do país?

Imagem de Katja Just por Pixabay

O Brasil é um dos países que possuem a maior disponibilidade de água doce do mundo, entretanto os recursos hídricos estão distribuídos de forma totalmente desigual no território do país. Esses fatores, somados aos diversos usos da água pelas diferentes atividades econômicas brasileiras, e os problemas de qualidade de água, geram muitas dificuldades no país, dentre elas, o estresse hídrico.

Um estudo da Agência Nacional de Águas (ANA), Conjuntura: Recursos Hídricos do Brasil aponta a atual situação dos recursos hídricos no país, por meio de um conjunto de indicadores e estatísticas sobre a água e a gestão vindas do SNIRH (Sistema Nacional de Informações sobre Recursos Hídricos).

A atividade humana e os diversos setores da economia demandam muito dos recursos hídricos, só no ano de 2017 estima-se que foi usado um total de 2,083 milhões de litros de água por segundo no Brasil. Mas afinal, para onde vai toda essa água? No texto do blog de hoje iremos desmembrar os diversos tipos de uso que o nosso país faz com o recurso mais importante do mundo, a água.

Irrigação

A irrigação é o principal destino da água do país, ela é responsável por cerca de 52% de toda água utilizada no Brasil. Esse uso corresponde à prática agrícola que utiliza diversos equipamentos e técnicas para suprir a falta de água nos plantios. Normalmente, a irrigação permite uma suplementação na falta de chuvas, viabilizando o cultivo em regiões de seca, como o semiárido brasileiro. Só no ano de 2018 foram gastos 1,084 milhões de litros de água por segundo com irrigação, 115 mil litros por segundo a mais se compararmos com 2017.

Abastecimento Urbano

O abastecimento urbano é responsável por cerca de 23,8% do total de água que o país utiliza. Nele constituem os sistemas de captação e tratamento de água, tendo como principais mananciais os rios, lagos, aquíferos ou reservatórios, além do turismo, lazer e navegação da população. No ano de 2018 foram gastos 496 mil litros de água por segundo com o abastecimento urbano, apenas 8 mil litros por segundo a mais que 2017.

Indústria

As indústrias são o terceiro maior destino de água do país, sendo responsáveis por 9,1% da água brasileira. A águas nas indústrias pode ser utilizada como matéria-prima, reagentes, solventes, lavagem, dentre outras formas. Ano passado foram gastos 189 mil litros de água por segundo com as indústrias, economizando cerca de 3 mil litros por segundo se compararmos a 2017.

Atendimento aos Animais

O atendimento aos animas do país são responsáveis por cerca de 8% de toda a água brasileira. Essa água está diretamente relacionada as necessidades dos animais, desde alimentação até limpeza. No ano de 2018 foram gastos 167 mil litros de água por segundo com o atendimento animal, apenas 2 mil litros por segundo a mais que em 2017.

Termelétricas

As termelétricas brasileiras são o destino de 3,8% das águas do país. A principal fonte de energia do país é a hidro energia, já as termelétricas são operadas apenas como fonte complementar. Ano passado foram gastos 79 mil litros de água por segundo com as termelétricas, já no ano de 2017 esse número foi de 78 mil litros por segundo.

Abastecimento Rural

O abastecimento rural é somente o penúltimo maior destino da água do Brasil, sendo responsável por apenas 1,7% da água do país. Na maioria das vezes, esse abastecimento vem de fontes subterrâneas com a utilização de poços artesanais. Em 2018 foram gastos cerca de 35 mil litros de água por segundo com o abastecimento rural, mil litros por segundo a mais que em 2017.

Mineração

A mineração é apenas o último destino de água do nosso país, sendo responsável por 1,6% de toda a água do Brasil. Na mineração, a água ajuda a retirar a matéria-prima da natureza para ser utilizada em outras indústrias. Ano passado foram gastos apenas 33 mil litros de água por segundo com a mineração, mantendo o mesmo gasto de 2017.

NEWSLETTER

CONTATO

(11) 3021-3143