Curitiba

Curitiba foi destaque no evento do Instituto Trata Brasil, “Avanços em Saneamento Básico 2015, pelo desempenho positivo na expansão de serviços de saneamento do município.

A capital do Paraná, Curitiba ocupa a 16ª posição do Ranking Saneamento 2021. Com exceção de 2015, desde 2010, os dados mostram 100% da população com atendimento de água.

O atual indicador de atendimento de total de esgoto é de 99,99%, além de tratar 94,64% do volume dos esgotos.

Dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento Básico (SNIS), plataforma de indicadores do Ministério do Desenvolvimento Regional, mostram a seguinte série histórica do município:

Ano  Indicador de atendimento total de água (%) Indicador de atendimento total de esgoto (%) Indicador de Esgoto Tratado por água consumida (%)
2014 100 98,18 89,71
2015 99,99 100 91,26
2016 100 99,99 92,93
2017 100 99,99 93,59
2018 100 99,99 94,27
2019 100 99,99 94,64

O INSTITUTO TRATA BRASIL ENTREVISTOU A COMPANHIA ESTADUAL DE SANEAMENTO BÁSICO DO PARANÁ, SANEPAR, RESPONSÁVEL PELOS SERVIÇOS NO MUNICÍPIO. LEIA NA ÍNTEGRA:

Que esforços você destacaria como fatores mais importantes na gestão do saneamento local e que fizeram com que se chegasse a esta posição tão boa?
A posição de destaque que Curitiba ocupa no cenário do saneamento nacional deve-se principalmente ao planejamento de longo prazo da Sanepar, com revisões periódicas no sentido de atualizar tal planejamento às necessidades atuais, e também ao esforço em cumprir o plano de investimento previsto para cada período.

Quais desafios e problemas vocês enfrentaram para a melhoria do saneamento básico da cidade? Como resolveram para chegar nos indicadores atuais?
Os desafios são vários, como alterações climáticas, falta de entendimento de diversas partes interessadas quanto à necessidade de se preservar áreas de mananciais, legislações ambientais cada vez mais restritivas, falta de reconhecimento de maneira geral por parte da sociedade do valor agregado nos serviços de saneamento básico e capacitação de fornecedores. Esses são alguns desafios que o setor do saneamento em geral enfrenta. Para chegar ao cenário atual, é preciso gestão integrada entre as diversas áreas da Sanepar, todas com perfeito alinhamento em busca da excelência. A Sanepar possui uma equipe de gestores muito profissional e isso sem dúvida se reflete nos indicadores de saneamento, colocando em evidência diversos munícipios operados pela Companhia no cenário nacional. Além disso, destaco também a preocupação da Sanepar na busca de capacitação do corpo funcional e novas tecnologias aplicadas ao setor.

Investimentos sem uma boa gestão não trazem resultados. E o oposto? É possível ter sucesso com pouco recurso financeiro?
Os investimentos são importantes para qualquer setor, contudo quando há uma excelente gestão os resultados são maximizados. Na Sanepar, temos gestores muito bons e um cuidado primoroso em relação a investimentos e resultados, com muito planejamento e estudo.

Que conselhos vocês dariam aos gestores e empresas operadoras de outras cidades para que consigam melhorar os indicadores de saneamento
?
Recursos financeiros sempre são necessários, porém nunca se tem a quantidade ideal, sempre há limites. Portanto, para maximizar os resultados, reitero a necessidade de bom PLANEJAMENTO e uma excelente gestão na busca de cumprir aquilo que foi planejando. Curitiba atingiu bons índices graças a isso. A equipe da Sanepar se sente honrada em ver seus esforços trazendo bons resultados para a cidade.

Veja as fotos

NEWSLETTER

CONTATO

(11) 3021-3143