Utilizamos água quase em todas as tarefas do nosso dia a dia, tanto em atividades domésticas, como lavar roupa, lavar louça, banho e também usamos para beber. O processo até que ela chegue ao nosso lar é longo.

O Como muito já sabem o saneamento básico é um conjunto de serviços de infraestrutura que toda cidade deve ter.

Os serviços de água tratada, coleta e tratamento dos esgotos levam à melhoria da qualidade de vidas das pessoas, sobretudo na Saúde Infantil com redução da mortalidade infantil, melhorias na Educação, na expansão do Turismo, na valorização dos Imóveis, na Renda do trabalhador, na Despoluição dos rios e Preservação dos recursos hídricos, etc.

Todos esses serviços fazem parte de um ciclo, quer saber mais sobre esse assunto? Confira!

Conheça o ciclo do saneamento

1. Tratamento de água – Todas as casas devem receber água tratada e de qualidade. Ela pode ser retirada de rios, mananciais ou poços subterrâneos. Na estação de tratamento, acontecem processos que eliminam todas as sujeiras, garantindo que a água esteja limpa e pronta para consumo humano.

2. Abastecimento – A água precisa ser fornecida todos os dias, na quantidade necessária para higiene e alimentação de todas as pessoas que vivem na residência. Segundo especialistas, poços artesianos devem ser evitados, pois a água sai com muita concentração de ferro.

3. Coleta de esgoto – Todo o esgoto produzido nas residências tem que ser afastado por meio de tubulação subterrânea, garantindo que crianças e adultos não entrem em contato com ele. Esgotos a céu aberto viram foco de contaminação, principalmente para crianças, pois abrigam uma série de bactérias e parasitas causadores de doenças.

4. Coleta de lixo
– O recolhimento e destinação final dos resíduos sólidos são responsabilidades das prefeituras, que não podem deixar que o lixo acabe chegando aos cursos d’água. O chorume, líquido que se origina da decomposição do que é jogado fora, é um dos maiores poluentes de rios e mananciais.

5. Drenagem urbana – A água da chuva deve ser escoada em direção aos cursos d’água para que sigam seu curso natural e não causem inundações e alagamentos. As entradas dos bueiros precisam estar protegidas por grades para bloquear os resíduos sólidos que ficam na rua.

6. Tratamento de esgoto – A lei de saneamento determina que todo o esgoto coletado deva receber tratamento apropriado antes de ser devolvido à natureza. A estação onde acontece o tratamento tem que deixar a água limpa e com características semelhantes à do rio, córrego ou mar que vai receber esse volume.

7. Participação social – Saneamento básico é um direito do cidadão e responsabilidade do prefeito da cidade. Por isso, a população deve se informar, questionar, discutir e se unir para comunicar os problemas e necessidades às autoridades locais.

1 Resultado

  1. Jorgelito Oliveira disse:

    Brilhante trabalho. Estou sempre repassando os dados de vocês para os que me acompanham nas redes sociais. Espero estar contribuindo para a resolução desse problema básico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique por dentro do ciclo completo do saneamento básico

Tempo para ler: 2 min
1