Pixabay

O saneamento básico tem conquistado espaço nas mídias em todo país. Tem tomado ainda mais notoriedade nos debates eleitorais desse ano com vários questionamentos sobre as propostas dos candidatos sobre o tema.

No Brasil, o saneamento básico é definido pela Lei nº. 11.445/2007 como o conjunto dos serviços, infraestrutura e Instalações operacionais de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, drenagem urbana, manejos de resíduos sólidos e de águas pluviais.

Apesar de ser considerado um serviço essencial e básico à sociedade, há uma enorme deficiência desses serviços que causa graves problemas, principalmente à saúde das crianças. Atualmente são 35 milhões de pessoas sem acesso ao abastecimento de água e 100 milhões sem acesso à coleta dos esgotos.

Saneamento e Saúde andam lado a lado. A construção de redes de coleta e tratamento dos esgotos resolveria muitos dos problemas de saúde que acometem nossos bairros e nossas crianças. Para tentar mudar a situação é necessário não só investir mais, mas investir melhor. A prevenção das doenças dá melhores resultados do que tratar as pessoas em hospitais ou postos de saúde. É muito melhor aplicar o dinheiro em saneamento básico do que apenas em medicamentos.

Além da saúde, o saneamento afeta outras áreas, como: educação, economia, turismo e etc.

No período de eleição, escolha seus candidatos dentre aqueles que se proponham a defender esta causa, mesmo que você more em um local que já conte com esses serviços, sua participação nessa luta é importante!

Após as eleições para a escolha de Presidente da República, Governadores, Senadores e Deputados, precisamos ficar atentos para cobrarmos dos candidatos eleitos uma solução para termos melhor qualidade de vida.

 E o que podemos fazer em relação a isso?

A responsabilidade pela oferta de saneamento de qualidade é das prefeituras, com a participação dos governos estaduais e da União. A sociedade deve fazer a sua parte e eleger candidatos comprometidos com o saneamento.

Após votar é preciso pensar na melhor maneira de cobrar dos candidatos as promessas de nos proporcionar uma melhor qualidade de vida. Nosso voto não termina na urna!

Fique atento as propostas dos seus candidatos. Como avaliar as propostas?

  1. O(a) candidato(a) fala sobre expandir o acesso ao saneamento básico?
  2. O(a) candidato(a) relaciona saneamento básico com saúde?
  3. O(a) candidato(a) propõe ajudar as cidades resolverem o problema de saneamento básico?

Propostas dos candidatos para o setor do saneamento

No dia 2 de outubro, a Folha de S. Paulo publicou uma matéria sobre o assunto saneamento nos debates eleitorais, além disso, a matéria apresenta as as propostas dos candidatos para o setor do saneamento básico. Confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eleições 2018 e a necessidade de cobrar compromissos pelo saneamento básico

Tempo para ler: 2 min
0