Na semana de 22 de março, semana da água, o Instituto Trata Brasil participou do maior evento sobre o tema água do mundo que aconteceu em Brasília, e reuniu cerca de 400 instituições relacionadas a recursos hídricos em quase 70 países.

O Instituto Trata Brasil desde 2016 auxiliou na coordenação do Tema ‘2. Pessoas’ e as sessões oriundas sobre água, que renderam três painéis posteriormente. Mais precisamente estivemos envolvidos no tópico 2.2 Água Como um Direito Humano, que teve a mediação do Léo Heller, Relator Especial para Assuntos de Água e Saneamento Básico da ONU.

Durante o 8º Fórum Mundial da Água, de 19 a 23 de março, o Instituto Trata Brasil participou da relatoria desta sessão, que recebeu palestrantes do Egito, Nepal, Suécia e Brasil, para discutir a viabilidade do acesso à água para pessoas classes mais vulneráveis.

O relatório apontou a necessidade das entidades internacionais buscarem aproximações com os governos de seus países para que a água seja garantida por meios de Constituição como um Direito Humano, uma vez que já há reconhecimento da ONU para tal.

Ainda no Fórum Mundial da Água, em Brasília, o Instituto Trata Brasil esteve representado pelo presidente executivo, Édison Carlos, em palestras sobre o acesso ao saneamento básico promovido pela Petrobrás, Coca-Cola Brasil e BRK Ambiental, na feira técnica.

Os encontros contaram com participação de estudantes, profissionais do setor, jornalistas e interessados no assunto.

Foi alertado de que os atuais ritmos de investimentos e obras do setor no país não serão suficientes para atender toda a demanda dos brasileiros até 2030 como almeja as metas do Objetivo do Desenvolvimento Sustentável – ODS.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Balanço Trata Brasil do 8º do Fórum Mundial da Água – Brasília 2018

Tempo para ler: 1 min
0