Barragem Armando Ribeiro: maior reservatório de água doce do Estado está abaixo de 40 por cento - BLOG DO LUCIANO SEIXAS / ONLINE

Compartilhe: 

21/10/2013

Barragem está com mais de 10 metros abaixo do nível total de armazenamento

 

Os reservatórios chegam ao nível crítico e muito crítico respectivamente nas regiões Seridó, Vale do Açu e Alto Oeste do Rio Grande do Norte.

Os dados são da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Podem ser consultados AQUI.

Nesta sexta-feira, 18, o Instituto Trata Brasil divulgou o balanço nacional, em relação a 2010, de desperdício de água distribuída nas cidades potiguares.

O Rio Grande do Norte aparece 49,25% da água desperdiçada, acima da média nacional que é de 37,57%.

No que diz respeito ao nível da água, na bacia Piranhas/Açu, o quadro não chega a ser tão crítico quanto na região de Pau dos Ferros, que a água já não presta mais par ao consumo humano.

A barragem Armando Ribeiro é responsável, através da perenização do rio Piranhas/Açu, pela irrigação de pelo menos 30 mil hectares no Vale do Açu, sendo fundamental no setor produtivo nos setores de frutigrangeiros.  A Semarh fez medições neste reservatório no dia 17 passado, constatando que o nível de armazenamento chegou a 39,48% de sua capacidade total, que é de 2,4 bilhões de metros cúbicos de água,

O Comitê Gestor do Piranhas/Açu, composto por autoridades do Rio Grande do Norte e da Paraíba, já está orientando os usuários de água ao longo da Bacia Hidrográfica Piranhas/Açu.

Na medida que a água reduz, o comitê vai direcionando o abastecimento apenas para as cidades através da CAERN e carros pipas.  Cezar Alves/De Fato, com grifo nosso.